• Bambuí, 19 de Setembro de 2019

Mais de 3,3 milhões de carros estão irregulares a dez dias para exigência do licenciamento

Foto: Arquivo / Agência Brasil

Faltando dez dias para a exigência do licenciamento de 2019, mais de 3,3 milhões de veículos não estão com a documentação regularizada em Minas. O débito da taxa, do seguro obrigatório (Dpvat), de multas e do IPVA, dentre outras pendências, atinge 33% da frota de 9 milhões de automóveis no Estado.

Motoristas com placas de final 1 a 5 serão os primeiros a serem cobrados pela polícia para apresentar o certificado. O condutor flagrado em situação irregular comete infração gravíssima, com a perda de sete pontos na carteira de habilitação e pagamento de multa de R$ 293,47. O automóvel ainda é recolhido. Para as placas com finais de 6 a 0, a data limite é 31 de agosto.

O vencimento do imposto terminou em 20 de março para todos os veículos. A multa por atraso é de 0,15% ao dia.

Coordenador de policiamento do Batalhão de Polícia de Trânsito da PM, o tenente Serafim da Silva reforça que os militares já poderão aplicar as sanções durante as operações da corporação. A falta do documento físico para quem quitou os débitos, no entanto, não renderá punições. “Verificamos pelo sistema”, explica. Já quem pagou o licenciamento, mas ainda tem débito de multas, será autuado. “Apesar de ter quitado (certificado), não está licenciado”, alerta.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS