• Bambuí, 20 de Outubro de 2019

Casal é preso em São Gotardo suspeitos de cometerem crimes no Alto Paranaíba

Foto: Diego Oliveira/SG AGORA

Na tarde dessa quarta-feira (18), um homem e uma mulher foram presos em São Gotardo, suspeitos de cometerem crimes de estelionato na região do Alto Paranaíba. Disfarçado de um agente da CEMIG, o homem, de 40 anos, abordava pessoas em suas residências alegando que realizaria um teste para a fornecedora de energia. Com os autores presos foram localizadas quantias em dinheiro, cartões, bolsas e demais pertences das vítimas. Extratos de depósitos bancários provavelmente feitos com dinheiro roubado das vítimas também foram encontrados em posse do casal.

Segundo informações da Polícia Militar de São Gotardo, diante de informações das cidades de Rio Paranaíba e Carmo do Paranaíba que, nessa data, um autor se passando por funcionário da CEMIG, utilizando uma motocicleta Honda CG, de cor vermelha, teria visitado duas residências nas cidades alegando que iria avaliar o consumo de energia, tendo acesso ao interior dos imóveis. Aproveitando um momento de descuido dos moradores, o falso trabalhador teria subtraído dinheiro e objetos de valor, em ambos os municípios.

Ainda de acordo com a PM, além das cidades de Rio Paranaíba e Carmo do Paranaíba, era de conhecimento da Polícia a mesma prática de crime nas cidades de Patos de Minas e Patrocínio. Como o até então autor de estelionato estava atuando em cidades próximas a BR-354, os militares desconfiaram que o autor poderia estar em São Gotardo. Através de uma denúncia anônima sobre uma possível motocicleta parecida com a utilizada no crime, foi montada uma operação pela PM e a mesma foi localizada, sendo o autor abordado e preso em flagrante.

Com a prisão do homem, os militares conseguiram localizar o hotel onde o mesmo estava e no estabelecimento uma mulher de 33 anos de idade foi localizada, juntamente com os pertences do casal. Durante a lavratura do Boletim de Ocorrência, a PM foi acionada para atendimento de outra vítima, desta vez em São Gotardo, uma senhora de 91 anos, que foi enganada da mesma forma das outras cidades do Alto Paranaíba. Os valores subtraídos na data de hoje pelos criminosos em nossa cidade, haviam sido depositados em duas contas bancárias sendo uma delas a conta da genitora do homem e também de sua amásia.

Com o flagrante, a dupla foi presa e todo material que estava com eles foram apreendidos. Durante as buscas, foram encontrados em suas posses R$1.740,20 em cédulas diversas, dois cartões de crédito de vítimas, três depósitos dessa data, totalizando R$4.700,00, uma bolsa e uma carteiras subtraídas das vítimas. Os autores presos e materiais apreendidos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil em São Gotardo, para demais providências judiciais.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS